Meu primeiro carro: usado com mais de 10 anos pode ser um bom negócio?

Comprando carro usado

A compra de carros usados é sempre uma boa opção para aqueles que sonham em abandonar
o temido transporte público e conquistar, enfim, a tão sonhada independência. Diversos carros
usados oferecem preços atrativos e itens de série que, muitas vezes, não são encontrados nem
mesmo em veículos zero quilômetro.

Agora, quando falamos sobre carros com mais de 10 anos de uso, alguns cuidados extras são
necessários. Para nós, pobres mortais, que não somos grandes entendedores de funilaria,
pintura e mecânica, a regra é uma só: tenha sempre ao seu lado um especialista no assunto.

Pequenas avarias como leves arranhões, pneus desgastados, sinais de desgastes no volante e
pedais, entre outros, são absolutamente normais quando falamos de um automóvel que,
seguramente, já ultrapassou os 100.000 km rodados. Por sinal, o fator “quilometragem alta”
não representa uma sentença de morte para o carro, ok? Mas esse tema será abordado em
um próximo post.

Outro ponto muito importante a se destacar está relacionado ao índice de roubos e furtos de
carros usados, uma vez que determinados modelos são bastante visados por criminosos por
alimentarem o comércio informal de peças. Esse fator, infelizmente, faz com que as despesas
com seguro sejam bastante elevadas, mas um serviço de monitoramento veicular pode ser
uma solução acessível e efetiva para que imprevistos não venham a interromper seus planos.

Enfim, podemos concluir que comprar um carro usado, mesmo que “bem velhinho”, pode ser
uma ótima opção desde que todo o processo de compra seja acompanhado por um
profissional competente que lhe dará um parecer preciso sobre o atual estado do veículo. O
valor, indiscutivelmente, será muito inferior se comparado à compra de um automóvel zero
quilômetro.

Se você, assim como a maioria da população, possui conhecimentos limitados sobre esse
universo, não tenha vergonha em consultar uma mão de obra especializada. Siga essas dicas,
faça uma compra segura e caia na estrada!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *